Fale conosco pelo WhatsApp

Como melhorar sua autoestima com uma palestra?

Palestra sobre autoestima - Imagem ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 10/10/2019

A capacitação constante é um dos aspectos mais importantes na construção de uma carreira de sucesso. Mas, como colocar isso em prática quando se tem tanta tarefa para cumprir e novidades para acompanhar? Uma maneira de descobrir a resposta é participando de uma palestra para autoestima.

É comum ver alguns profissionais fazendo uma série de cursos ao mesmo tempo, ou na sequência, na esperança de acumular o máximo de conhecimento possível. No entanto, nem sempre quantidade significa qualidade. E a palestra para autoestima auxilia o profissional a identificar quais atualizações poderão, de fato, contribuir para o seu crescimento.

Mais do que promover uma motivação, o treinamento de autoestima proporciona um mergulho no âmbito psicológico do profissional que poderá beneficiá-lo tanto no presente quanto no futuro. Confira a seguir 4 maneiras para melhorar sua autoconfiança com uma palestra motivacional.

1.      Identificar as habilidades e saber como melhorá-las

Uma das principais características de quem tem baixa autoestima é focar apenas no lado negativo. É como se as qualidades fossem escassas ou até mesmo inexistentes, sentimento esse que pode se agravar quando o profissional se depara com colegas de trabalho mais atualizados e preparados.

Na palestra para autoestima, o participante faz uma autoavaliação que é fundamental para que ele perceba que tem muitas qualidades. E o que é ainda mais poderoso: que seus defeitos são oportunidades para se desenvolver e melhorar.

Saber identificar os pontos fortes e fracos é essencial para ter uma autoestima sólida. Afinal, ninguém é feito somente de qualidades ou de defeitos, não é mesmo?

2.    Usar a palestra de autoestima para ter mais confiança

O profissional que está com a autoestima abalada tem mais dificuldade em defender seu ponto de vista, seja em uma conversa informal com o colega de trabalho ou em uma reunião com um possível cliente. Com o tempo, essa crença limitante pode fazer com o que o profissional prejudique tanto a si mesmo quanto à empresa, o que pode colocar seu trabalho em risco.

Na palestra sobre autoestima o participante trabalha sua comunicação interpessoal, aprendendo como expor sua opinião com clareza e polidez — evitando, assim, dubiedades que possam causar mal-estar com os outros colaboradores e clientes.

Outro benefício do treinamento de autoestima é permitir que o participante receba as críticas construtivas de uma maneira mais saudável, mostrando que incorporar as sugestões alheias não é um sinal de fraqueza, mas, sim, de autoconfiança.

3.      Segurança no planejamento pessoal

Pensar no futuro pode ser algo extremamente doloroso para uma pessoa que não tem autoconfiança. Afinal, se ela não acredita que tem potencial hoje imagina como é difícil vislumbrar um futuro melhor?

Por isso, participar de uma palestra de autoestima pode ser muito vantajoso. Além do autoconhecimento que o evento proporciona, o profissional visualiza como seu trabalho é capaz de contribuir para o cumprimento das metas de uma empresa. E essa compreensão é muito importante para que ele comece a acreditar mais em si mesmo e possa, gradativamente, concretizar os seus sonhos.

4.      Descobrir novas capacidades no treinamento de autoestima

A palestra de autoestima revela para o profissional talentos que, muitas vezes, estavam escondidos atrás da falta de autoconfiança. Isso faz com que a pessoa perceba que pode sair do lugar-comum e se transformar em um profissional ainda mais qualificado.

Desenvolver uma aptidão nunca imaginada é um processo que impulsiona a autoestima da pessoa. Trata-se de uma atividade que comprova para o profissional sua versatilidade, competência e capacidade de estar sempre em dia com as demandas do mercado de trabalho.

Participar de uma palestra para autoestima é uma estratégia que muda completamente a percepção que o profissional tem de si mesmo. Com a visão clara de seus pontos fortes e fracos, o profissional será mais assertivo na hora de atualizar seus conhecimentos e construir uma marca pessoal de confiança e sucesso.