Fale conosco pelo WhatsApp

O que é know how?

Grupo com um bom know how sobre determinada área
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 14/11/2019

Provavelmente você já ouviu ou mesmo falou que tem “know how” sobre determinada área ou tema. O termo pode ser aplicado tanto para profissionais quanto para empresas, mas deve ser usado corretamente no meio corporativo.

A seguir saiba o que é o know how, mas também como as habilidades podem ser aprimoradas para desenvolver melhor suas competências profissionais. Confira!

O que é know how?

O termo “know how” é do inglês e significa “saber como” ou “saber fazer”. Ele significa o conjunto de conhecimentos teóricos e práticos que é do domínio do profissional ou de uma empresa.

Entre as aplicações do “saber como” podem estar procedimentos, teorias, tecnologias, metodologias, fórmulas etc. Em geral, uma pessoa ou negócio tem know how em uma área quando acumula um conhecimento e experiência prévios sobre o tema.

O know how é muito usado no ambiente corporativo para especificar áreas, processos ou temas nos quais a empresa, ou profissional tem um domínio especializado e aprofundado que pode abarcar um mercado, produto ou serviço.

Assim, o “saber fazer” deve ser usado por pessoas ou empresas que são referência no tema ou na área a que se referem, sendo aplicado para demonstrar uma competência que gera uma vantagem competitiva.

Dessa forma, apesar de o uso frequente por diferentes profissionais, um curso rápido de edição, por exemplo, não qualifica um profissional para afirmar que tem know how sobre essa técnica. O uso inadequado do termo, indicando uma falsa experiência, pode inclusive ser prejudicial à carreira em vez de ajudá-la.

Qual a importância do “saber fazer” em carreiras e negócios?

Apesar de o know how ter pesos diferentes para profissionais e empresas, o objetivo é transmitir uma credibilidade que gera uma vantagem competitiva. Portanto, o desenvolvimento do “saber fazer” é essencial para consolidar a atuação.

Negócios

Entre os negócios, o know how refere-se aos ativos intangíveis, ou seja, o capital intelectual da marca que, somado à estrutura física, viabiliza a realização das atividades, seja produção, ou prestação de serviços.

Nas empresas o capital intelectual é resultado da soma dos conhecimentos coletivos que propiciam o desenvolvimento de soluções inovadoras e criativas para diferenciar a atuação do negócio em relação à concorrência.

Nesse tipo de ambiente é possível ainda investir no “como fazer melhor” que se refere às atualizações e capacitações para que o know how seja cada vez mais especializado e gere resultados. Entre as estratégias de aprimoramento de empresas estão:

  • Realize pesquisas de mercado e conheça sua concorrência;
  • Saiba quais são as tendências do seu segmento;
  • Invista em inovação e tecnologia;
  • Invista na qualificação dos seus colaboradores.

Essas melhorias constantes no saber fazer permitem que a empresa se adeque às novas demandas do mercado, entregando resultados mais satisfatórios aos clientes e diferenciando-se da concorrência.

Profissionais e carreiras

O know how também é importante para a atuação profissional e consolidação das carreiras. Nesses casos, o “saber fazer” refere-se à capacitação e experiência individual que fazem com que o profissional se diferencie em relação aos demais.

Um profissional com know how é aquele que tem domínio técnico sobre as áreas nas quais atua, mas também tem capacidade de desenvolver projetos inovadores e criativos, agregando à empresa na qual atua e aumentando as competências do próprio negócio.

Além desse domínio, o profissional também deve investir em como fazer melhor as atividades que desempenha atualmente, ganhando produtividade e resultados. Isso é possível por meio de:

Com esses aprimoramentos, o profissional terá efetivamente o know how necessário para diferenciar-se no mercado de trabalho, tornando a carreira mais sólida e podendo escolher os caminhos desejados para um posicionamento e atuação mais satisfatórios.